Agehab realiza sorteio de endereços do Porto Dourado III, em Goiânia

 

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) realiza nesta terça-feira (16/10) o sorteio dos endereços das famílias beneficiárias do Residencial Porto Dourado III, na região Sudoeste de Goiânia. São 496 unidades habitacionais em construção nesta etapa do empreendimento de um total de 1408 apartamentos. A lista das famílias que participarão do sorteio está disponível no site www.agehab.go.gov.br. O procedimento pode ser acompanhado pelo público interessado, no auditório da Agehab, na Rua 18-A, nº 541, Setor Aeroporto, às 9 horas.

O sorteio de endereços é a etapa que precede a assinatura dos contratos de financiamento com a Caixa. O presidente da Agehab, Cleomar Dutra, destaca a transparência e lisura que têm marcado os processos seletivos dos programas habitacionais em Goiás. Ele lembra que o processo seletivo do Porto Dourado foi o primeiro realizado em Goiás para famílias com renda até R$ 2,6 mil, correspondente à faixa 1.5 do programa federal Minha Casa Minha Vida, em parceria com o Cheque Mais Moradia, do Governo de Goiás. O presidente da Agência disse que as parcerias realizadas pelo governo estadual viabilizam os empreendimentos e tornam as parcelas acessíveis para famílias que mais precisam.

Segundo ele, o Cheque Mais Moradia, no valor de R$ 15 mil, é praticamente o valor da entrada que a pessoa precisaria pagar. O financiamento com a Caixa tem prazo de 360 meses, com prestações a partir de R$ 385,00, que variam de acordo com o perfil e a renda familiar. Além das parcelas do financiamento, o beneficiário terá que arcar com as despesas de condomínio.

O Residencial Porto Dourado está sendo construído pela parceria Agehab, com recursos do Cheque Mais Moradia, Caixa Econômica Federal/FGTS e entidade proponente. Já está executada em 55% a construção das outras 496 unidades habitacionais da primeira etapa do Residencial, com previsão de entrega em dezembro de 2019. A obra dos 496 apartamentos da terceira etapa já foi iniciada. As etapas III e II, com 416 unidades, deverão ser entregues em 2020.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo