Agehab recebe moradores de área no Jardim Novo Mundo

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) recebeu nesta segunda-feira (26/8) moradores de área de ocupação no Jardim Novo Mundo, em Goiânia, conhecida como Emanueli. Eles pleiteiam o apoio do Estado para a regularização fundiária da área, ocupada há cinco anos. Os moradores estavam acompanhados do vereador de Goiânia, Paulo Daher, que entregou documento solicitando o início do cadastro socioeconômico das famílias. O secretário-Geral da Agehab, Lucas Fernandes, recebeu as famílias, juntamente com os seus representantes, e informou que há possibilidade de participação da Agência em uma parceria com a União para auxiliar no processo de regularização da área pertencente à União, desde que seja formalizado convênio com o governo federal.

A Superintendência de Patrimônio da União em Goiás (SPU-GO) e a Agehab estão trabalhando em um projeto piloto de cooperação técnica para viabilizar áreas federais para construção de moradias de interesse social em Corumbá de Goiás. A intenção da SPU-GO é que a Agehab assuma a regularização fundiária das áreas da União e, em contrapartida, esses terrenos seriam colocados à disposição para construção de moradias, em parceria com o governo federal, por meio da Caixa Econômica Federal, e o Governo de Goiás.

Em relação à área do Jardim Novo Mundo, a parceria é mais complexa, pois envolve área de ocupação de domínio da União. O cadastro socioeconômico só poderá ser feito, explicou o secretário da Agehab, depois de cumpridas outras etapas primordiais do processo de regularização, como o levantamento topográfico e o parcelamento da área, que é de competência do município. Entretanto, destacou o secretário, a Agehab está de portas abertas para auxiliar no que for necessário.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo