CLIPPING 18 DE MARÇO DE 2013


CLIPPING 18 DE MARÇO DE 2013

O HOJE

XADREZ

Sinceridade

Durante evento no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, o presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, confessou ao governador Marconi Perillo (PSDB) que, no início do governo, achava assustador falar na construção de 50 mil unidades até o final de 2014.

Meta cumprida

Mas agora o presidente disse não ter dúvidas de que até junho dde 2014 o governo vai conseguir cumprir à risca as metas traçadas pelo tucano.

 

FOLHA DE NOTÍCIAS

http://www.folhadenoticias.com.br/noticias/ver.php?noticias_id=873&categoria_id=1#.UUclfRdazBg

R$ 2,4 mi para moradias em Itumbiara

Prefeito Chico Balla recebe cheque simbólico do governador Marconi Perillo: R$ 2,4 milhões para construção de moradias em Itumbiara.

Durante o Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado na sexta-feira, 15, o governo estadual anunciou o repasse de R$ 2,4 milhões ao município de Itumbiara para a construção de 480 unidades habitacionais na primeira parceria do governo com o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). A assinatura do convênio e o repasse do cheque simbólico foi feito pelo governador Marconi Perillo ao prefeito Chico Balla. O repasse será feito através de convênio com a Caixa Econômica Federal. As moradias serão construídas no Residencial Maria Luzia Machado.

Participaram do evento que aconteceu no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira aos prefeitos, secretários de habitação e entidades da área, além do governador.

Os programas habitacionais executados pelo Governo de Goiás em parceria com o Governo Federal foram apresentados por técnicos da Agência Goiana de Habitação (Agehab). O seminário teve como foco a capacitação de técnicos dos municípios para formulação de propostas e captação de recursos para a habitação em parceria com o Estado. O objetivo é melhorar o desempenho na apresentação das propostas e captação de recursos para a habitação de interesse social.

Na ocasião foi assinado ainda convênio entre o Governo do Estado, por meio da Agehab, com a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Movimento Camponês Popular (MCP) para a construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios. O valor total de recursos desta parceria é R$ 33,4 milhões, sendo R$ 8,6 milhões em Cheque Mais Moradia.

 

CLIPPING 17 DE MARÇO DE 2013

DIÁRIO DA MANHÃ

OPINIÃO PÚBLICA

Marconi na sintonia do trabalho II

Não tem como negar, o crescimento socioeconômico do Estado de Goiás tem sido constante sob o comando de Marconi. Dezenas de ações e políticas públicas na área de infraestrutura tem se destacado, como exemplo, o aeroporto de carga que está sendo construído na cidade de Anápolis e que, com certeza, provocará avanços significativos na economia goiana, colocando o nosso Goiás, de uma vez por toda, conectado com as grandes economias do mundo sem a dependência de outros entes-federados brasileiros. Fruto desta visão, outro dia, Marconi recebeu diplomatas e representantes do mundo árabe e, recentemente um grupo de investidores, aproximadamente uns 20 empresários japoneses, estiveram durante um café da manhã, no palácio Pedro Ludovico Teixeira. Conforme já noticiado por alguns veículos de comunicação ao dar boas vindas ao grupo de investidores, liderado pelo presidente da Jetro New York, Marconi aproveitou, na ocasião, para assinalar que Goiás desenvolve uma política consistente de atração de investimentos privados, na qual prevalecem os incentivos fiscais por parte do governo, composta de segurança jurídica e abertura ao capital externo. No mesmo dia, na Casa da Indústria, em Goiânia, foi realizado o Seminário de Negócios Goiás-Japão. Uma promoção da Secretária de Indústria e Comércio e da Federação das Indústrias do Estado de Goiás – no prato da divulgação e exposição, as oportunidades do Estado, bem como os benefícios fiscais e incentivos financeiros do governo estadual, a meu ver, todos, produtos das ações e políticas públicas do Governo de Marconi, criados e aperfeiçoados nos seus três mandatos, sob seu comando.

Goiás possui em seu solo, grandes reservas de minérios e, a cada ano, as empresas do segmento de mineração aumentam os seus investimentos, produzindo, assim, o fortalecimento do nosso PIB, bem como gerando uma maior riqueza da economia de nosso Estado. Com esse propósito de atender e defender esse segmento, Marconi esteve em Brasília para participar de uma ampla discussão sobre o novo Código de Mineração do Brasil, pois o marco regulatório da mineração brasileira deverá ser enviado ao Congresso Nacional, via certamente por projeto de lei. O Governo Federal, neste quesito, através de sua ministra-chefe da Casa civil, Gleisi Hoffmam, tem promovido reuniões em separado com governadores e técnicos em mineração dos Estados, com isto, não poderia ser diferente para um Estadista – Marconi se fez presente na defesa de um amplo debate sobre o assunto. Na oportunidade, elogiou a iniciativa da ministra e, declarou: “Percebo que há uma determinação do Governo Federal em agilizar esse marco. Goiás quer rapidez nesse processo, porque tem lavas e minas importantes. Acreditamos que com a aprovação do novo Código, poderemos concretizar grandes investimentos na área mineral, gerando mais riqueza para Goiás”.

No conjunto de ações e políticas públicas nessa onda de crescimento baseado na boa infraestrutura, o PAC do Saneamento estará destinando para Goiás mais de R$ 1.023 bilhão, dos quais representa a soma de recursos do Orçamento Geral da União e de financiamentos. O governador Marconi, esteve no anúncio feito pela presidenta Dilma Rousseff em solenidade ocorrida no Palácio do Planalto na presença de governadores e prefeitos, que pela ocasião, declarou: “É o coroamento de um trabalho sério na elaboração de bons projetos. O Estado e os municípios se debruçaram na elaboração de projetos consistentes, calcados em dados reais e atuais”.

Na outra vertente, além da infraestrutura e os mecanismos regulatórios necessários para a execução das políticas públicas e suas ações, ainda nesse mês de março, Marconi quando de sua visita in loco em curso da segunda etapa de expansão do Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo, e donde, aproveitou da oportunidade e o ensejo para assinar atos que possam dar uma maior velocidade nas respostas de demandas travadas pela burocracia, que certamente, agora vai dar uma celeridade eficiente nas decisões que beneficiam a área de Saúde. A primeira assinatura foi o decreto que regulamentou o fundo Estadual de Saúde, dando autonomia e o seu gerenciamento de recursos. Na sequência, selou contrato com a Associação Goiana de Integralização – AGIR – para a gestão da Central de Laudos Dona Gercina Borges Teixeira, assinando ordem de serviço autorizando a Secretária Estadual de Saúde a custear 55 Unidades de Terapia Intensiva – UTIs dos hospitais privados, bem como complementar o valor das diárias de outros 139 leitos. O financiamento integral dos 55 leitos de UTIs custará aos cofres públicos R$ 36 milhões por ano, quanto aos serviços de UTIs, com a rede conveniada, custarão ao Estado R$ 1,27 milhão por mês.

Finalmente, ainda na sintonia do seu trabalho, me emocionei em saber e comprovar que Marconi não deixou de cumprir agenda humanística, talvez a mais agradável, aquela que na data de seu aniversário, no mês corrente, um dia muito especial no qual foi comemorado junto aos internos e colaboradores da Vila São Cotolengo e Congregação Redentorista Católica, localizada em Trindade – Marconi estava acompanhado do seu pai, o senhor Marconi Ferreira, a primeira-dama e presidente da OVG, Valéria Perillo, do vice-governador, do arcebispo metropolitano de Goiânia, Dom Washington Cruz, do reitor do Santuário Basílica de Trindade e outras autoridades. Além do almoço oferecido – parte de sua alegria, Marconi foi recebido pelo som da banda luar, onde recebeu presentes e bolo de aniversário dos funcionários da instituição filantrópica. Dentro desta emoção, declarou: “Peço a Deus, nesta data, sabedoria e paciência para enfrentar as dificuldades e para continuar fazendo o de melhor que eu puder pelas pessoas que mais precisam”, coube ao Padre Robson agradecê-lo pelo ato de amor, dizendo: “Podemos dar testemunho de sua história, força e amor às instituições de caridade. Ficamos lisonjeados por ter escolhido comemorar seu aniversário conosco e agradecemos muito pelos recursos que serão encaminhados. O senhor nos ajuda a aliviar as dificuldades e o sofrimento de nossos irmãos internos”. Que bom! Como gente da gente, o governador e ser humano Marconi assinou contrato de parceria com a Vila São Cotolengo, ato formal que disponibilizará, por meio da Secretária Estadual de Saúde R$ 5,5 milhões, sendo repassados à administração da entidade referida até o final do próximo ano em parcelas de R$ 250 mil mensais, a contar a partir deste mês. Ficam aqui o meu registro e testemunho na sintonia do seu trabalho. Parabéns pelos seus 50 anos de boas ações, homem de Deus, filho de um mesmo Deus, chamado Marconi. Parabéns pelos 33 anos de sonhos e idealismo do Diário da Manhã, o meu, o seu jornal produzido pelo maior jornalista de todos os tempos de Goiás – Batista Custódio. Deixo aqui para a sua reflexão, a seguinte frase, que diz: “Somos homens de bem, quando reconhecemos as suas virtudes… Assim, faremos um mundo melhor”. Muita Paz!

(Antonio Alencar Filho, administrador de empresas, formado pela Universidade Católica de Goiás, filiado a Associação Goiana de Imprensa de Goiás – AGI, presidente da Associação de Resgate e Cidadania do Estado de Goiás, escreve aos domingos)

 

Da reação de A Redação. Leia em
http://bit.ly/YmE12S

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo