CLIPPING 19 DE MARÇO DE 2013


CLIPPING 19 DE MARÇO DE 2013

NOTÍCIAS DE GOIÁS

http://www.noticias.goias.gov.br/index.php?idMateria=158021&tp=positivo

Especial – 15/03/2013 – 14:25:17

Goiás superou em 248% a meta do programa Minha Casa Minha Vida 1 e 2. O dado é da CEF. O Estado superou o número de 94 mil unidades contratadas.

Goiás é o Estado da Federação com o melhor desempenho no Minha Casa Minha Vida 1 e também em sua segunda edição. O dado considera todas as faixas de atuação do programa. A informação é da superintendente Nacional de Negócios da Caixa do Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro. O anúncio foi feito durante o Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), ocorrido no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, nesta sexta-feira, 15.

O governador Marconi Perillo destacou que o Estado tem que trabalhar continuamente para não perder essa dianteira. “Nós tivemos um desempenho em Goiás de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado. Isso nos enche de alegria e responsabilidade”, revelou o governador. Para Perillo, esse bom desempenho deve-se também ao Cheque Mais Moradia, programa do Governo do Estado que propicia a diminuição e até mesmo a quitação de prestações referentes a habitação.

É um número fantástico! Fechamos 28 de fevereiro de 2013 com 94.633 unidades contratadas no Estado de Goiás para uma meta que era quase 40 mil unidades”, pontua Bernadete Pinheiro. Ela avaliou que esse desempenho goiano mostra principalmente, a sensibilidade de um Estado que pensa as soluções voltadas às famílias que mais precisam.

O governador expôs a importância da parceria entre Estado, União, municípios, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e entidades para oferecer habitação à população de baixa renda. “Os prefeitos, as prefeitas, são indispensáveis, são fundamentais para que esses programas dêem certo. Nós queremos vocês próximos da gente, perto da gente, junto com a gente, parceiros nossos”.

De acordo com o presidente da Agehab, Marcos Abrão Roriz, Goiás possui um déficit habitacional de 163 mil unidades. “Nós temos certeza que até o mês de julho vamos bater a meta das 50 mil unidades habitacionais. Eu tenho certeza que até o final de 2013 certamente vamos estourar essa meta e muito”, estimou.

Evento

Na solenidade Marconi Perillo assinou o convênio entre o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Caixa Econômica Federal e o Movimento Camponês Popular (MCP) para construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 40 municípios. O valor total de recursos é R$ 33 milhões e 360 mil reais, sendo R$ 8 milhões e 60 mil em Cheque Mais Moradia.

O que eu espero mesmo é que esse movimento seja apenas o primeiro, o começo, que a gente multiplique essas ações por todos os cantos. Para levar dignidade às famílias que moram no campo e que às vezes moram em condições muito precárias. As pessoas que vivem no campo, na zona rural, precisam e vão merecer cada vez mais a atenção do Governo Federal, da Caixa e do Governo do Estado”, afirmou o governador.

Perillo também entregou R$ 2,4 milhões em Cheque Mais Moradia à prefeitura de Itumbiara para construção de 480 unidades no Residencial Maria Luzia Machado, na primeira parceria do Estado com o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do Governo Federal.

O REPÓRTER

POLÍTICA

Goiás superou em 248% a meta do programa Minha Casa Minha Vida 1 e 2

Levantamento da Caixa Econômica Federal revela que Goiás superou em 248% a meta do programa Minha Casa Minha Vida 1 e 2. O Estado, que deveria tem 40 mil unidades contratadas até o final de fevereiro, atingiu o número de 94.633. O governador Marconi Perillo destacou durante a cerimônia de abertura do Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás que esse desempenho gera ao Governo a responsabilidade de continuar nessa dianteira.

Goiás é o Estado da Federação com o melhor desempenho no Minha Casa Minha Vida 1 e também em sua segunda edição. O dado considera todas as faixas de atuação do programa. A informação é da superintendente Nacional de Negócios da Caixa do Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro. O anúncio foi feito durante o Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), ocorrido no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia, no último dia 15…

DIÁRIO DA MANHÃ

ECONOMIA

Goiás cresce mais que o País

Dados econômicos de Goiás são citados em palestras e encontros de finanças públicas. O Estado alcança PIB quatro vezes maior do que o brasileiro (3,9 contra 0,9%)

Para ler na íntegra: http://dm.com.br/jornal/#!/view?e=20130319&p=14

FOLHA DE NOTÍCIAS

http://www.folhadenoticias.com.br/noticias/ver.php?noticias_id=873&categoria_id=1#.UUclfRdazBg

18-03-2013

R$ 2,4 mi para moradias em Itumbiara

HABITAÇÃO GOVERNO ASSINA CONVÊNIO COM MUNICÍPIO E LIBERA RECURSO PARA CONSTRUIR 480 CASAS.

Durante o Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado na sexta-feira, 15, o governo estadual anunciou o repasse de R$ 2,4 milhões ao município de Itumbiara para a construção de 480 unidades habitacionais na primeira parceria do governo com o Fundo de Arrendamento Residencial (FAR). A assinatura do convênio e o repasse do cheque simbólico foi feito pelo governador Marconi Perillo ao prefeito Chico Balla. O repasse será feito através de convênio com a Caixa Econômica Federal. As moradias serão construídas no Residencial Maria Luzia Machado.

Participaram do evento que aconteceu no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira aos prefeitos, secretários de habitação e entidades da área, além do governador.

Os programas habitacionais executados pelo Governo de Goiás em parceria com o Governo Federal foram apresentados por técnicos da Agência Goiana de Habitação (Agehab). O seminário teve como foco a capacitação de técnicos dos municípios para formulação de propostas e captação de recursos para a habitação em parceria com o Estado. O objetivo é melhorar o desempenho na apresentação das propostas e captação de recursos para a habitação de interesse social.

Na ocasião foi assinado ainda convênio entre o Governo do Estado, por meio da Agehab, com a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Movimento Camponês Popular (MCP) para a construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios. O valor total de recursos desta parceria é R$ 33,4 milhões, sendo R$ 8,6 milhões em Cheque Mais Moradia.

 

IMPRENSA JÁ

http://imprensaja.com.br/index.php?pg=noticia&id=221103

16/03/2013 às 10h05min

GOIÁS: Marconi assina convênio com Caixa para construção de 1.115 moradias rurais

DO GABINETE DE IMPRENSA-GOVERNADOR/GO

O governador Marconi Perillo e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão Roriz, assinaram, na manhã de hoje, convênio entre o Governo de Goiás, a Caixa Econômica Federal (Caixa) e o Movimento Camponês Popular (MCP) para construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios. A Agehab é responsável pela construção das casas.

O valor total de recursos é de R$ 33 milhões e 360 mil reais, sendo R$ 8 milhões e 60 mil em Cheque Mais Moradia. A assinatura dos convênios ocorreu no auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Em seguida, o governador fez a abertura do Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agehab para os prefeitos goianos, com participação de representantes do Ministério das Cidades e da Caixa.

Marconi comemorou a boa notícia dada pela superintendente de negócios da Caixa para as regiões Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro, de que Goiás foi o estado que mais realizou parcerias para a construção de casas, superando a meta estabelecida. “Hoje recebo uma notícia que mexe com a nossa sensibilidade. Essa notícia é de encher as vistas. Tivemos desempenho de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado. Isso nos enche de alegria e responsabilidade. Goiás foi o que mais contratou moradia popular no Brasil, e nós não podemos perder essa frente”, disse o governador.

Bernadete parabenizou o Governo de Goiás por se preocupar com as pessoas mais carentes e por ter superado a meta nacional. “Goiás teve o melhor desempenho de todas as unidades federativas. Fechamos com 94.613 unidades contratadas. Cumprimento o Governo de Goiás pelo fantástico trabalho que tem realizado”, declarou.

Marconi afirmou que o intuito é solidificar as parcerias com a Caixa e Ministério das Cidades para atender as pessoas que não possuem condições de ter moradia. Para tanto, disse que não medirá esforços para cumprir a meta de levar moradias a todos os municípios goianos. “O desafio do governo do estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”, frisou.

PIB

Marconi comemorou também o fato de Goiás ter se sobressaído, mais uma vez, na corrida relativa ao desempenho do PIB. Levantamento preliminar do Instituto Mauro Borges de Estatística e Estudos Socioeconômicos divulgado pelos jornais de hoje aponta que Goiás cresceu quatro vezes a mais do que a média brasileira. O índice goiano foi de 3,8% contra 0,9% da média nacional. O governador Marconi comemorou: “Isso revela, reforça e caracteriza a luta e o esforço conjunto de todas as forças produtivas, políticas, empresariais e de trabalhadores do nosso Estado. Nós estamos muito felizes”.

A REDAÇÃO

http://aredacao.com.br/noticias/25717/estado-e-caixa-assinam-convenio-para-construir-mais-de-mil-moradias-rurais

15.03.2013 15h28

Estado e Caixa assinam convênio para construir mais de mil moradias rurais

Goiânia – Graças a um convênio assinado pelo governador Marconi Perillo, entre o Governo de Goiás, a Caixa Econômica Federal e o Movimento Camponês Popular (MCP), será possível a construção e reforma de pelo menos 1.115 moradias rurais em 40 municípios goianos. O convênio foi assinado na manhã desta sexta-feira (15/3), durante solenidade realizada no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira (PPLT).

As moradias serão construídas por meio do Programa de Moradia Rural, que já beneficiou 255 famílias. Com a reforma das casas, outras 220 famílias foram beneficiadas.

Durante discurso, o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão Roriz, destacou que a parceria chega para melhorar a qualidade de vida de pessoas que moram no campo. “Tenho certeza que, a partir de hoje, daremos um grande salto. Contemplaremos aquelas famílias que mais precisam”, afirmou.

Durante a solenidade, que também marcou a abertura do seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agehab-GO para os prefeitos goianos, o governador fez a entrega de R$ 2,4 milhões à Prefeitura de Itumbiara (GO) para a construção de 480 unidades habitacionais no Residencial Maria Luzia Machado.

Destaque nacional

Superintendente de negócios da Caixa para as regiões Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro, disse, durante discurso, que Goiás foi o estado que mais realizou parcerias para a construção de casas populares, superando a meta estabelecida. “Tivemos desempenho de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado”, comemorou o governador.

Marconi, que ressaltou o bom momento da economia goiana, destacou o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, divulgado na quinta-feira (14/3). “Com avanço de 3,8% em 2012, Goiás teve um PIB quatro vezes maior que o do Brasil”, discursou. “Vamos continuar trabalhando para que Goiás continue sendo destaque em todas as áreas”, acrescentou.

 

http://www.aredacao.com.br/noticias/25697/marconi-participa-de-seminario-sobre-habitacao-e-interesse-social

15.03.2013 09h20

Marconi participa de seminário sobre habitação e interesse social

Goiânia – O governador Marconi Perillo participa na manhã desta sexta-feira (15/3), da abertura do seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás. O evento objetiva capacitar técnicos dos municípios para formulação de propostas e captação de recursos para a habitação em parceria com o Estado. A solenidade de abertura acontece no auditório Mauro Borges do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia.

Na ocasião será assinado ainda convênio entre o Governo do Estado, por meio da Agehab, com a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Movimento Camponês Popular (MCP) para a construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios.

O CORREIO NEWS

http://www.ocorreionews.com.br/novo/index.php?option=com_k2&view=item&id=503;goi%C3%A1s-%C3%A9-quem-mais-contrata-moradia-popular-no-brasil

Segunda, 18 Março 2013 11:51

Goiás é quem mais contrata moradia popular no Brasil

Números da Caixa mostram que Estado teve desempenho de 248% a mais que do que a meta; por meio de parcerias Goiás contratou 94.613 unidades unidades habitacionais e superou todos os outros Estados; Perillo comemora resultado: “desafio do governo do Estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”

O governador Marconi Perillo e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão Roriz, assinaram, convênio entre o governo de Goiás, a Caixa Econômica Federal e o Movimento Camponês Popular (MCP) para construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios.

A Agehab é responsável pela construção das casas. O valor total de recursos é de R$ 33 milhões e 360 mil reais, sendo R$ 8 milhões e 60 mil em Cheque Mais Moradia. A assinatura dos convênios ocorreu no auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Em seguida, o governador fez a abertura do Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agehab para os prefeitos goianos, com participação de representantes do Ministério das Cidades e da Caixa.

Marconi comemorou a boa notícia dada pela superintendente de negócios da Caixa para as regiões Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro, de que Goiás foi o estado que mais realizou parcerias para a construção de casas, superando a meta estabelecida.

Hoje recebo uma notícia que mexe com a nossa sensibilidade. Essa notícia é de encher as vistas. Tivemos desempenho de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado. Isso nos enche de alegria e responsabilidade. Goiás foi o que mais contratou moradia popular no Brasil, e nós não podemos perder essa frente”, disse o governador.

Bernadete parabenizou o governo de Goiás por se preocupar com as pessoas mais carentes e por ter superado a meta nacional. “Goiás teve o melhor desempenho de todas as unidades federativas. Fechamos com 94.613 unidades contratadas. Cumprimento o Governo de Goiás pelo fantástico trabalho que tem realizado”, declarou.

Marconi afirmou que o intuito é solidificar as parcerias com a Caixa e Ministério das Cidades para atender as pessoas que não possuem condições de ter moradia. Para tanto, disse que não medirá esforços para cumprir a meta de levar moradias a todos os municípios goianos. “O desafio do governo do estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”, frisou.

PIB

Marconi comemorou também o fato de Goiás ter se sobressaído, mais uma vez, na corrida relativa ao desempenho do PIB. Levantamento preliminar do Instituto Mauro Borges de Estatística e Estudos Socioeconômicos divulgado pelos jornais de hoje aponta que Goiás cresceu quatro vezes a mais do que a média brasileira.

O índice goiano foi de 3,8% contra 0,9% da média nacional. O governador Marconi comemorou: “Isso revela, reforça e caracteriza a luta e o esforço conjunto de todas as forças produtivas, políticas, empresariais e de trabalhadores do nosso Estado. Nós estamos muito felizes”.

 

BRASIL 247

http://www.brasil247.com/pt/247/goias247/96392/

18.03.201

Goiás é quem mais contrata moradia popular no Brasil

Números da Caixa mostram que Estado teve desempenho de 248% a mais que do que a meta; por meio de parcerias Goiás contratou 94.613 unidades unidades habitacionais e superou todos os outros Estados; Perillo comemora resultado: “desafio do governo do Estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado.

O governador Marconi Perillo e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão Roriz, assinaram, na manhã de sexta-feira, convênio entre o governo de Goiás, a Caixa Econômica Federal e o Movimento Camponês Popular (MCP) para construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios.

A Agehab é responsável pela construção das casas. O valor total de recursos é de R$ 33 milhões e 360 mil reais, sendo R$ 8 milhões e 60 mil em Cheque Mais Moradia. A assinatura dos convênios ocorreu no auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Em seguida, o governador fez a abertura do Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agehab para os prefeitos goianos, com participação de representantes do Ministério das Cidades e da Caixa.

Marconi comemorou a boa notícia dada pela superintendente de negócios da Caixa para as regiões Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro, de que Goiás foi o estado que mais realizou parcerias para a construção de casas, superando a meta estabelecida.

Hoje recebo uma notícia que mexe com a nossa sensibilidade. Essa notícia é de encher as vistas. Tivemos desempenho de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado. Isso nos enche de alegria e responsabilidade. Goiás foi o que mais contratou moradia popular no Brasil, e nós não podemos perder essa frente”, disse o governador.

Bernadete parabenizou o governo de Goiás por se preocupar com as pessoas mais carentes e por ter superado a meta nacional. “Goiás teve o melhor desempenho de todas as unidades federativas. Fechamos com 94.613 unidades contratadas. Cumprimento o Governo de Goiás pelo fantástico trabalho que tem realizado”, declarou.

Marconi afirmou que o intuito é solidificar as parcerias com a Caixa e Ministério das Cidades para atender as pessoas que não possuem condições de ter moradia. Para tanto, disse que não medirá esforços para cumprir a meta de levar moradias a todos os municípios goianos. “O desafio do governo do estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”, frisou.

PIB

Marconi comemorou também o fato de Goiás ter se sobressaído, mais uma vez, na corrida relativa ao desempenho do PIB. Levantamento preliminar do Instituto Mauro Borges de Estatística e Estudos Socioeconômicos divulgado pelos jornais de hoje aponta que Goiás cresceu quatro vezes a mais do que a média brasileira.

O índice goiano foi de 3,8% contra 0,9% da média nacional. O governador Marconi comemorou: “Isso revela, reforça e caracteriza a luta e o esforço conjunto de todas as forças produtivas, políticas, empresariais e de trabalhadores do nosso Estado. Nós estamos muito felizes”.

FÓRUM NACIONAL DE SECRETÁRIOS DE HABITAÇÃO E DESENVOLVIMENTO URBANO

http://www.forumdehabitacao.blogspot.com.br/2013/03/goias-e-quem-mais-contrata-moradia.html

segunda-feira, 18 de março de 2013

Goiás é quem mais contrata moradia popular no Brasil

Números da Caixa mostram que Estado teve desempenho de 248% a mais que do que a meta; por meio de parcerias Goiás contratou 94.613 unidades unidades habitacionais e superou todos os outros Estados; Perillo comemora resultado: “desafio do governo do Estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”

O governador Marconi Perillo e o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Marcos Abrão Roriz, assinaram, convênio entre o governo de Goiás, a Caixa Econômica Federal e o Movimento Camponês Popular (MCP) para construção e reforma de 1.115 moradias rurais distribuídas em 37 municípios.

A Agehab é responsável pela construção das casas. O valor total de recursos é de R$ 33 milhões e 360 mil reais, sendo R$ 8 milhões e 60 mil em Cheque Mais Moradia. A assinatura dos convênios ocorreu no auditório Mauro Borges, do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Em seguida, o governador fez a abertura do Seminário Novas Perspectivas da Habitação de Interesse Social em Goiás, realizado pela Agehab para os prefeitos goianos, com participação de representantes do Ministério das Cidades e da Caixa.

Marconi comemorou a boa notícia dada pela superintendente de negócios da Caixa para as regiões Centro-Oeste e Norte, Bernadete Pinheiro, de que Goiás foi o estado que mais realizou parcerias para a construção de casas, superando a meta estabelecida.

Hoje recebo uma notícia que mexe com a nossa sensibilidade. Essa notícia é de encher as vistas. Tivemos desempenho de 248% a mais do que a meta estabelecida para o nosso Estado. Isso nos enche de alegria e responsabilidade. Goiás foi o que mais contratou moradia popular no Brasil, e nós não podemos perder essa frente”, disse o governador.

Bernadete parabenizou o governo de Goiás por se preocupar com as pessoas mais carentes e por ter superado a meta nacional. “Goiás teve o melhor desempenho de todas as unidades federativas. Fechamos com 94.613 unidades contratadas. Cumprimento o Governo de Goiás pelo fantástico trabalho que tem realizado”, declarou.

Marconi afirmou que o intuito é solidificar as parcerias com a Caixa e Ministério das Cidades para atender as pessoas que não possuem condições de ter moradia. Para tanto, disse que não medirá esforços para cumprir a meta de levar moradias a todos os municípios goianos. “O desafio do governo do estado é sermos agressivos, irmos atrás dos terrenos, mobilizar os prefeitos. Se em algum lugar não houver adesão da Prefeitura, vamos comprar os terrenos, buscar terreno do Estado”, frisou.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo