Famílias de mais quatro cidades do Norte e Nordeste de Goiás recebem Aluguel Social

Campos Belos fechou o circuito de atendimentos da Agehab esta semana, que também passou por Alto Paraíso, Niquelândia e São João D’Aliança

 

Desempregada, Janaína da Conceição Santana, 27 anos, pegou a senha número 1 para receber o cartão do Programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, do Governo de Goiás, em Campos Belos nesta sexta-feira (05/08). “Uma bênção dos céus essa ajuda, então eu estava muito ansiosa e cheguei bem cedo porque só conto com a renda de bicos que faço como faxineira e manicure”, revelou a mãe de três filhos.

 

Janaína foi uma das beneficiadas em Campos Belos, última parada da Agência Goiana de Habitação (Agehab) nesta semana, depois de comparecer a outras três cidades do Norte e Nordeste goiano:  Alto Paraíso de Goiás, Niquelândia e São João D’Aliança. Em Alto Paraíso, a também desempregada Rita de Cássia Alves de Oliveira, 29 anos, poderá manter cheio o armário da cozinha graças ao benefício que arca com o aluguel. Mãe de duas meninas, de 1 e 7 anos, ela mesma ajudou muita gente da cidade a se inscrever. “Acredite, o Aluguel Social é real, chegou para dar uma mão para quem precisa”, afirmou.

 

O Programa atende neste momento 63 municípios em diferentes fases de execução. Muitas famílias estão sendo chamadas para entregar os documentos, e assim que é atingida a quantidade estipulada em edital, é promovida a entrega dos cartões. Recebido o benefício, a família tem que baixar o aplicativo Pra Ter Onde Morar, no qual é depositado todo mês a quantia de R$ 350 que deve ser transferida para o dono do imóvel. Os recursos são provenientes do Fundo de Proteção Social de Goiás (Protege), coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS). Já foram beneficiadas no Estado cerca de 30 mil famílias.

 

De São João D’Aliança, Marina Pereira da Conceição, 25 anos, vê no benefício a chance de dar uma vida melhor para a filha de 2 anos, de quem cuida sozinha. “Quero dizer ‘muito obrigada’, porque isso tem ajudado muita gente como eu. Sem gastar com aluguel, poderei comprar alimentos para dentro de casa e quitar as contas atrasadas”, contou, aliviada. No início da semana, também houve entregas de benefícios em Ceres, Goianira e Rialma, na segunda-feira (1º/8).

 

Agência Goiana de Habitação – Governo de Goiás

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo