Governo de Goiás e Caixa entregam cinco residenciais com 468 apartamentos em Valparaíso de Goiás

 

Com investimento de R$ 39 milhões feito pela parceria, as moradias representam vida nova para famílias que aguardavam na fila do déficit habitacional, que é grande no Entorno do DF. Já foram entregues pela atual gestão 1.367 moradias na região, que vivenciava abandono histórico

Em um dia de chuva e alegria pela realização do sonho da casa própria, mais 468 famílias de Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, receberam na manhã de hoje (19/11) as chaves dos apartamentos em cinco residenciais entregues pela parceria Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), e governo federal/Caixa Econômica Federal. Acompanhado do presidente da Agehab, Lucas Fernandes, o governador Ronaldo Caiado comandou a solenidade de entrega das chaves e reforçou o compromisso em mudar a realidade da região, negligenciada por décadas. Entre as centenas de famílias beneficiadas está a do jovem casal Lucas Eduardo Marques, 24, auxiliar de serviços gerais, e a dona de casa Brenda campelo de Miranda, 22, conseguiram realizar o sonho de ter uma casa com ajuda de R$ 15 mil do subsídio do Governo de Goiás.

"Sei que esse é o sonho de grande parte das pessoas e eu consegui realizar tão cedo graças a esse subsídio.  A prestação é pouco mais de R$ 300. Tentei comprar antes e ficaria R$ 700 cada parcela. Esse é um dinheiro que faz falta, ainda mais com dois filhos", afirmou Lucas, contando que sua família ainda mora com a sogra. "É uma sensação muito boa de adquirir nossa independência e liberdade. Proporcionar aos nossos filhos um lugar seguro para crescerem", disse Brenda, mãe de Artur, 2 anos, e Miguel, de 2 meses de idade.
O governador Ronaldo Caiado disse que não abriu mão de estar presente em mais uma entrega de moradias em Valparaíso, apesar da chuva forte que caia. "É uma grande alegria voltar ao Entorno e encontrar todas as lideranças municipais unidas em prol do desenvolvimento de todos. O governador pode muito, mas não pode tudo. É com essa união de lideranças, servidores públicos e população que vamos mudar o Entorno, torná-lo um lugar que dá orgulho de morar", afirmou Caiado. 

Ele ainda destacou o trabalho realizado pela Agehab, sob o comando do presidente Lucas Fernandes. “A Agehab tem à sua frente um jovem preparado e empenhado, que tem me surpreendido muito. Ele coordena uma das maiores parcerias com a Caixa, reconhecida em todo o País”, frisou Caiado, ressaltando que a prioridade para habitação agora é buscar recursos do programa Casa Verde e Amarela. 

“Quero que Goiás seja o primeiro Estado a atuar em conjunto com o novo programa federal. E vamos levar moradias para os menores municípios, mais distantes e com menor Índice de Desenvolvimento Humano, para que as pessoas não precisem migrar para cidade grande”, pontuou o governador.

Com os novos residenciais entregues, agora são famílias beneficiadas com moradia no município pela atual gestão e 1.367 no Entorno, incluindo Luziânia, Cidade Ocidental e Planaltina. O governador fez um balanço detalhado das realizações na região, destacando habitação: “As pessoas vão se sentir orgulhosas de morar aqui pelo nível de dignidade e de cidadania que vamos implantar”. Outras mais de mil unidades habitacionais estão em construção na região, em parceria da Agehab com a Caixa.

Os residenciais inaugurados foram:  Golden Park V e VI, com 60 apartamentos cada; o Residencial Praia dos Amores VI, com 90 moradias, no Jardim Céu Azul; o Residencial Monte Sião VIII, com 114 unidades, e o Residencial Buritis III, com 144. As unidades padrão dos apartamentos possuem entre 44,77 e 47 metros quadrados, além de vaga de garagem, acesso social com guarita e playground. 

Dos R$ 39 milhões investidos pela Parceria Governo de Goiás e Caixa, R$ 7 milhões são do Tesouro Estadual. “Os recursos vão proporcionar às famílias a condição de ter a sua própria casa, o que traz dignidade e alegria”, disse o presidente da Agehab, Lucas Fernandes, lembrando que já é a terceira visita do governador Caiado a Valparaíso e que a constante entrega de benefícios no Entorno do DF representa o cumprimento da promessa de “tratar todos os goianos de maneira igual”.

Outro fator destacado pelo presidente da Agehab é o papel de destaque da construção civil para aquecer a economia e diminuir os impactos provocados pela pandemia na vida dos municípios e das pessoas, com geração de emprego e renda. Em Valparaíso, por exemplo, com a construção dos residenciais foram gerados 700 empregos diretos e indiretos.

O casal de pedagogos Wedson da Conceição Costa, 30, e Bibiane Narciso dos Santos, 32, está planejando um filho. Eles esperavam o momento certo para aumentar a família. Eles já tinham feito orçamento em uns cinco residenciais, mas esbarravam na entrada alta e prestações caras. Quando souberam desse subsídio do governo, coube direitinho no bolso deles. 

"O valor da entrada ficou bem baixo e a gente conseguiu financiar o restante em prestações de pouco mais de R$ 300. Também conseguimos um apartamento no térreo, perfeito para nossa necessidade, porque tem uma área para nosso cachorro", declarou Bibiane. Antes, moravam de favor na casa da mãe dela. "Ter o lugar da gente, fazer o que se quer, deixar com nossa cara, não tem coisa melhor", disse a pedagoga.

Mais de 3 mil famílias com moradia

Com investimentos estaduais superiores a R$ 39,4 milhões, o Governo de Goiás já entregou em parceria com a Caixa 3.346 mil unidades habitacionais em menos de dois anos, que contemplaram famílias em 14 municípios em diversas regiões do Estado: Nova Veneza, Bonfinópolis, Barro Alto (Distrito de Souzalândia), Valparaíso, Anápolis, Goiânia, Guarinos, Luziânia, Cidade Ocidental, Porangatu, Planaltina, Mozarlândia, Córrego do Ouro e Santo Antônio de Goiás. A Agehab conta atualmente com mais de 4,6 mil moradias em construção, das quais 2,5 mil em estágio fase final de execução. 

De acordo com o presidente da Agehab, muitas casas e apartamentos ainda serão entregues pelo governo até o final de 2022. Há obras em andamento em Luziânia e Cidade Ocidental e projetos com início marcado para o ano que vem em Águas Lindas, exemplificou. “Todo o Entorno está abarcado e atendido, mas não ficamos só na construção, também cuidamos do processo de regularização fundiária, ou seja, vamos entregar escrituras para aqueles que moram na sua casa, mas não possuem o título de proprietário”, explicou Fernandes.    

Participaram da solenidade de entrega o prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, que agradeceu o governador pelo trabalho em prol da população do município; o prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango; os prefeitos eleitos Carlinhos do Mangão (Novo Gama), Aleandro Caldato (Santo Antônio do Descoberto) e Fábio Correa (Cidade Ocidental);  o vice-presidente da Agehab, Luiz Sampaio; a superintendente executiva de Governo na Caixa Econômica Federal (CEF), Gesilane Renk; a vice-prefeita de Valparaíso, Zeli Fritsche; os vereadores por Valparaíso Flávio Lopes e professora Eleni de Souza; a coordenadora regional de Educação, professora Karla Moreno; os comandantes tenente-coronel Samuel Arthur (20º Batalhão da Polícia Militar do Estado de Goiás) e tenente Fábio José Rodrigues (Corpo de Bombeiros).

 

Fotos de Sérgio Willian Godoy

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo