Governo de Goiás e OVG comemoram no Dia do Voluntariado arrecadação de quase meio milhão de cestas

No dia 28 de agosto é celebrado o Dia do Voluntariado. Nesta data, o Governo de Goiás, por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e do Gabinete de Políticas Sociais, comemora o alcance de quase meio de milhão de cestas básicas arrecadadas na Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus. A ação iniciada no dia 19 de março estimulou o voluntariado e criou uma rede de proteção social para amparar famílias em situação de vulnerabilidade social durante a pandemia.

Para dar transparência às ações, conforme determinação do governador Ronaldo Caiado em todos os atos da gestão estadual, a OVG está fazendo a prestação de contas de todos os materiais arrecadados e sua destinação. A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais, Gracinha Caiado, disse que está prestando contas de cada centavo recebido. “A transparência demonstra o nosso respeito a todos aqueles que se uniram a nós através do gesto solidário da doação”, afirmou.

A iniciativa ganhou a adesão de todos os órgãos estaduais, forças policiais, empresas privadas, universidades, sindicatos, emissoras de rádio e TV, artistas, entidades de classe e muitas pessoas da comunidade. As participações foram tanto para a captação de recursos quanto para a distribuição de produtos de higiene e cestas básicas para entidades sociais e famílias vulneráveis, principalmente aquelas que perderam o seu sustento, nos 246 municípios goianos.

A Agência Goiana de Habitação (Agehab) se prontificou a ajudar desde o início, montando um posto de coleta em sistema drive-thru em sua sede no Setor Aeroporto. A Agência conseguiu arrecadar 1.161 cestas básicas em 10 dias de campanha, o equivalente a 26,7 toneladas de alimentos. Foram 600 cestas a mais que a meta prevista inicialmente, fruto do empenho da Diretoria Executiva e servidores. Toda a arrecadação foi entregue à OVG. “Concluímos com sucesso a missão de fortalecer essa corrente do bem criada pelo governador Ronaldo Caiado e a primeira-dama Gracinha Caiado”, salientou Lucas Fernandes, presidente da Agehab. Além disso, a Agehab recebeu outras 1000 cestas doadas pelos juízes e servidores do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região para distribuição às famílias do Residencial Nelson Mandela. A Agência ainda estimulou o trabalho voluntário de sua equipe, que auxiliou na entrega dos materiais às famílias em Goiânia e no interior.

 

Confira a prestação de contas da campanha até hoje (28/8):

– A Campanha potencializou e difundiu o voluntariado. Além de doações de itens, a campanha recebeu R$ 4,3 milhões em dinheiro por meio da Plataforma do Voluntariado (ovg.org.br/voluntariado) ou depósito em conta bancária da OVG. O recurso foi utilizado para compra de cestas básicas, Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e itens de higiene.

– A campanha alcançou o total de 499.221 cestas básicas, sendo que 420 mil foram adquiridas pelo Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS); 31.685 recebidas em doações de empresas, pastas estaduais, entidades de classe e pessoas físicas; e 47.536 adquiridas pela OVG com  dinheiro das doações.

 

Municípios

– Prefeituras de 242 cidades buscaram os donativos em Goiânia e assumiram o compromisso de distribuir para as pessoas que realmente necessitam.

– Em quatro cidades da região metropolitana (Goiânia, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo e Trindade), a distribuição foi feita de casa em casa pela equipe da OVG com apoio das forças de segurança, completando assim o alcance da ação nos 246 municípios.

 

Assentamentos

– Trabalho coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais e executado pela Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) e Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA), levou 17.127 cestas básicas a famílias de assentamentos e acampamentos de Goiás.

 

Quilombos

– A distância e a dificuldade de acesso não impediram a chegada dos donativos aos moradores das 66 comunidades quilombolas de Goiás. Foram distribuídas 20.710 cestas básicas.

 

Entidades

– A campanha beneficiou ainda instituições sociais de todo o Estado, priorizando as cadastradas na OVG e que atendem pessoas institucionalizadas, como crianças, idosos, pessoas com deficiência e dependentes químicos. Mas, diante do cenário atípico na economia, a ação foi ampliada para atender entidades que representam diversas categorias, como taxistas, feirantes, confeccionistas, profissionais de eventos etc. Foram mais de 100 mil cestas básicas entregues.

 

Ouvidoria Social

– O Gabinete de Políticas Sociais também instituiu a Ouvidoria Social, um canal direto, por meio de contato telefônico, para oferecer orientações diversas, em especial de como obter o auxílio emergencial do Governo Federal, bem como garantir segurança alimentar de famílias da região Metropolitana de Goiânia. Desde a criação, foram distribuídas 4.776 mil cestas básicas.

 

Com informações da Comunicação Setorial da OVG

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo