Governo de Goiás entrega primeira etapa de residencial em Bonfinópolis

São 43 casas da primeira etapa do residencial Campo Belo, que terá ao final 140 moradias divididas em quatro etapas, que se encontram em estágios diferentes de construção

Em parceria com o governo federal e o município, o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrega 43 moradias do Residencial Campo Belo, em Bonfinópolis, nesta quinta-feira (13/6). Esta é a primeira etapa do Residencial, com total de 140 unidades habitacionais. A solenidade de entrega será às 10 horas, no próprio residencial, com a presença de autoridades, em comemoração ao aniversário de 30 anos de emancipação política da cidade. O governador Ronaldo Caiado será representado pelo presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo. 

O investimento estadual nesta etapa é de R$ 540 mil. O custo total da obra, com recursos estaduais e federais, é de mais de R$ 3 milhões. A construção foi iniciada no ano passado, em parceria do Estado, Município e Caixa Econômica Federal para famílias com renda na faixa 1.5, que é de até R$ 2.600. Os recursos estaduais foram no valor de R$ 15 mil por unidade para o beneficiário que se enquadra nas exigências do programa estadual, como nunca ter sido beneficiado por programa governamental de habitação. A prefeitura doou a área e o governo federal concedeu subsídios de até R$ 23.220,00 por moradia.
 
De acordo com o presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, a parceria entre as três esferas governamentais possibilitou parcelas muito mais acessíveis aos moradores, que vão pagar entre R$ 280 e R$ 350 de prestação. Na maioria dos casos, eliminou a necessidade de pagar a entrada, beneficiando as famílias que mais precisam.

A segunda etapa, com 31 moradias, está com 94% de execução. A terceira etapa, com 34 casas, está com 35% de execução e a quarta etapa, com 32 unidades, acabou de ser iniciada. O bairro, onde está sendo construído o residencial, conta com toda infraestrutura como asfalto e iluminação pública. “Recebemos do governador Ronaldo Caiado a missão de avançarmos com os programas habitacionais e neste primeiro momento priorizando a retomada de obras paralisadas e destravando todos os processos para conclusão das obras em andamento, como é o caso das moradias de Bonfinópolis”, ressalta Eurípedes do Carmo.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo