Governo de Goiás leva benefícios em habitação para Bom Jesus, Vicentinópolis e Joviânia

Sérgio Willian

O Governo de Goiás entregou na manhã desta segunda-feira (12/05) diversos benefícios na região Sul do Estado, entre eles realizações da Agência Goiana de Habitação (Agehab). Em Bom Jesus de Goiás, a 210 quilômetros de Goiânia, além de benefícios de saneamento e na área da educação, foram entregues 44 novas moradias, no bairro Luiz Carlos de Oliveira, construídas com recursos do Cheque Mais Moradia, e 75 escrituras registradas (67 da Vila Mutirão e 8 do Conjunto Padre Nosso), pelo programa Casa Legal – Sua Escritura na Mão. As entregas foram realizadas em evento com abertura feita pelo govenador Marconi Perillo.

Três gerações foram diretamente beneficiadas com casa no bairro Luiz Carlos de Oliveira, na família da lavadeira Maria José Andre Neto, 55 anos. Mãe solteira de Cícero André de Oliveira, usineiro de 30 anos, ela ainda vai abrigar na casa que foi entregue em seu nome a neta, Fabrícia, de 13 anos, única filha de Cícero, que também é solteiro. “Nosso sonho era ter nossa casa. Agora eu tenho a certeza de que na minha falta meu filho e minha neta estão garantidos”, diz Maria José, aliviada.

O alívio também estava estampado no rosto da empregada doméstica Elodia Aparecida Soares da Silva, 44 anos, também mãe solteira de um rapaz, Enio Henrique, de 16 anos. “Vou deixar o aluguel de 250 reais que compromete quase a metade do meu salário de carteira assinada”, conta a moradora do mais novo conjunto habitacional entregue pelo Governo de Goiás em Bom Jesus de Goiás. “Agora vai sobrar dinheiro para comprar outras coisas que a gente precisa, vai ser bem melhor”.

 

Casa Legal

Pais de quatro filhos, os aposentados Anair Maria Guimarães, 70, e Divino João Guimarães, 71, enfim conseguiram ver a casa deles na Vila Mutirão regularizada pelo programa Casa Legal. “São mais de 20 anos de espera. Estou muito feliz, porque isso é uma bênção. Agora a gente tem que dar um jeito de arrumar a casa, trocar o telhado e as paredes, e deixar ela ainda melhor”, planeja Anair, que já pensa em fazer um empréstimo no banco junto com o marido. “Sem a escritura a gente não tem nem o direito de pedir a ajuda no banco”, arremata Divino.

O desempregado Carlos Ponciano Mota, 55 anos, disse que agora pode dormir mais tranquilo, porque já não precisa ter medo de perder a casa que recebeu no passado, também na Vila Mutirão. “Tem mais de 15 anos que a gente espera pela escritura. Confiei no Governo e ela chegou”, elogia o senhor. Sua mulher, a aposentada Simone Maria da Silva, 53 anos, comemora ainda a possibilidade de deixar uma garantia para filhos e neto. “Agora posso dizer: essa casa é minha.”

 Municípios atendidos

Em seguida o governador e sua comitiva seguiram para o município de Vicentinópolis, a 160 quilômetros de Goiânia, onde foram entregues 32 escrituras registradas, de casas situadas no Setor Leste. Já em Joviânia, a 165 quilômetros da capital, foram entregues 65 Cheques Mais Moradia – Reforma e Cheque Comunitário, no valor de R$ 60 mil, para construção de feira coberta. “A Agehab continua a trabalhar para atender a determinação do governador para atender todos os 246 municípios goianos”, ressalta o presidente da Agehab, Luiz Stival.

 

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo