Governo de Goiás sorteia, em Paraúna, 50 moradias do Residencial Dona Mulata

 

Sorteio realizado por sistema eletrônico pôde ser acompanhado de perto pelas famílias que estavam no Centro de Convenções de Paraúna e também foi transmitido pela internet. Moradias estão com mais de 65% de execução, com previsão de entrega no final de agosto

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), realizou, na manhã desta segunda-feira (26/07), o sorteio das 50 moradias em construção no Residencial Dona Mulata, em Paraúna, na região Oeste do Estado. Quem acompanhou de pertinho o sorteio foi a diarista Suely Sarmento Guedes, que tem quatro filhos. Ela estava presente no Centro de Convenções de Paraúna quando seu nome foi chamado. Chorou de alegria, e agora se prepara para entregar toda a documentação exigida e, assim, dar adeus definitivo ao aluguel. “Está muito difícil pagar todas as contas sozinha e cuidar de quatro filhos. Agora, eu acredito que nossa vida vai melhorar. Vou providenciar todos os documentos e receber com muito gosto a equipe de assistentes sociais que vai me visitar”, revelou a diarista. 
 
O sorteio foi realizado em sistema desenvolvido pela própria Agehab e acompanhado pelo presidente da Agência, Lucas Fernandes, que representou o governador Ronaldo Caiado. Ele destacou a celeridade das obras no Residencial Dona Mulata, que devem ser entregues no final do mês de agosto. “Nossa equipe trabalhou muito para garantir que esse sorteio acontecesse com a maior transparência e seriedade. É muito caro ao governador essa proximidade com a comunidade. No Governo Caiado, ninguém vai ser contemplado porque apoiou ou deixou de apoiar determinado político. O tempo de apadrinhamento acabou, hoje todos podem participar de forma igualitária”, ressaltou Lucas Fernandes.

Segundo ele, a partir de amanhã as equipes de assistentes sociais do Município e da Agehab começam a entrar em contato com cada uma das famílias sorteadas, que deverão apresentar toda a documentação. “Quem prestou corretamente as ?informações não tem com que se preocupar. Mas se for detectada alguma irregularidade, a família será eliminada e nova família será chamada do cadastro reserva”, detalhou ele. Além dos 50 candidatos pré-selecionados, foram sorteados 100% deste total para a composição de cadastro reserva, que será utilizado caso as famílias sorteadas tenham sua documentação indeferida.

Lucas Fernandes também conclamou trabalhadores da construção civil da cidade, como pedreiros e pintores para atuarem nas obras. Ele lembrou que, além de levar moradia a quem precisa, a construção civil gera emprego e renda para a comunidade local.

Segundo ele, cada moradia contou com investimento aproximado de R$ 110 mil, considerando também o lote, será doada a custo zero para os beneficiários que se enquadrarem nas condições previstas em edital. Participaram do sorteio 698 famílias habilitadas que se inscreveram pelo site www.agehab.go.gov.br. 

O sorteio foi realizado por sistema eletrônico, 100% auditável a qualquer tempo, e transmitido ao vivo pelo YouTube e Facebook da Agehab. As 50 moradias do Residencial Dona Mulata fazem parte do Programa Goiás Social, coordenado pelo Gabinete de Políticas Sociais (GPS). A cidade é piloto de um novo sistema de parceria para construção de moradias entre o Governo de Goiás e os municípios para famílias com renda de até três salários mínimos.

A obra em Paraúna, lançada pelo governador em abril deste ano, já está com mais de 65% de execução, com as casas na fase de acabamento. A lista com os nomes das famílias beneficiadas e cadastro reserva está disponível no site www.agehab.go.gov.br, link: https://bit.ly/3iMjoPC.

O investimento do Governo de Goiás no Residencial Dona Mulata, situado na entrada da cidade, às margens da GO-320, é R$ 3,4 milhões de recursos do Fundo de Proteção Social (Protege). A Prefeitura de Paraúna doou o terreno regularizado e urbanizado. O Estado está bancando integralmente o valor da construção. 

O prefeito de Paraúna, Paulinho do Luzitana, agradeceu ao governador e ao presidente da Agehab pela oportunidade de lançar esse programa que será modelo para todo o Estado. “Não foram medidos esforços para tirar do papel esse programa. É uma equipe dinâmica, séria, transparente e comprometida com a sociedade goiana. Tenho certeza de que essas casas vão chegar de fato a quem realmente merece e precisa”, afirmou Paulinho. 

Foto: Sérgio William

 

 

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo