Governo de Goiás vai construir 45 moradias em Campinaçu

Sérgio Willian

 

A família da dona de casa Ana Cristina Oliveira está crescendo e em breve terá moradia uma moradia própria em Campinaçu. O sonho da casa própria será garantido dentro dos próximos meses graças à parceria do programa Cheque Mais Moradia do Governo de Goiás, executado pela Agência Goiana de Habitação (Agehab), e a Caixa Econômica Federal, que disponibiliza recursos do FGTS para a habitação de interesse social, voltada para famílias de baixa renda como a Ana Cristina. Grávida de quatro meses, casada e mãe de Iago, de 7 anos, ela pertence a uma das 45 que assinaram na quarta-feira (22/01) contratos para construção de suas casas em Campinaçu. “Gostei muito do projeto da casa. Já estou contando dias para montar o quatro dos meus dois filhos”, planeja a mãe.

O evento de assinaturas contou com a presença do presidente da Agehab, Luiz Stival, que fez questão de ver de perto o atendimento das famílias beneficiadas, pronto para tirar qualquer dúvida. Stival, que assumiu a presidência da Agência no início de janeiro, afirma que a Agehab vai intensificar ainda mais a proximidade e a abertura para que municípios como Campinaçu possam ser atendidos em parceria. “A Agehab está aberta para parcerias como todos os municípios. Queremos intensificar ainda mais este contato”, reafirma o presidente. No caso da parceria Agehab/Caixa/FGTS a participação também da prefeitura é fundamental, já que é o poder público municipal o responsável por ceder os terrenos regularizados e com infraestrutura básica para que as novas moradias sejam construídas.

Campinaçu foi o 40º município a assinar os contratos receber os recursos do Cheque Mais Moradia para a construção das moradias na parceria. Os recursos do Estado para a construção das casas é da ordem de R$ 900 mil em Cheque Mais Moradia. A previsão para a conclusão da obra é de 12 meses, contados após assinatura dos contratos, neste caso realizado. O município de Campinaçu está com outras 32 unidades habitacionais em andamento, parceria com o programa Oferta Pública Sub-50 II. Os investimentos em moradia no município, entre construção e reforma, chegam a R$ 4,6 milhões em parceria com o governo federal, dos quais cerca de R$ 2,4 milhões do Governo de Goiás.

Com o Cheque Mais Moradia, completamente reestruturado para atuar em parceria com todos os programas federais e municipais de habitação, o Governo de Goiás está investindo aproximadamente R$ 54 milhões em construção, reforma e melhoria de moradias na região Norte de Goiás, além da implantação de equipamentos comunitários. Esses recursos casados na parceria com o governo federal e os municípios totalizam R$ 96,6 milhões. A região será beneficiada com a construção de mais de 3 mil unidades habitacionais, das quais 616 já foram iniciadas, 271 contratadas e 2.141 em contratação. Já foram entregues 30 unidades em Campinorte e 12 moradias rurais em Niquelândia e Santa Terezinha de Goiás.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo