Mais de 100 famílias recebem moradias em Luziânia

Construído pela parceria Governo de Goiás e Caixa Econômica Federal, o Residencial Alto Maravilha X foi entregue na manhã desta quinta-feira a 126 famílias do município, em solenidade com a presença do governador Ronaldo Caiado

Esta quinta-feira (22/8) foi um dia muito importante na vida do casal formado pelo torneiro mecânico Tiago Caetano, 28 anos, e a cabeleireira Ranniely Miranda, 30 anos. Eles deram adeus a seis anos de aluguel e conquistaram a moradia, construída com recursos do Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), em parceria com a Caixa Econômica Federal, no Residencial Alto Maravilha X, em Luziânia. “Graças aos recursos do Governo de Goiás, não precisamos pagar a entrada, o que facilitou muito a aquisição do apartamento. Já tentamos comprar nossa casa outras vezes, mas não tivemos condições de pagar o valor que pediam. Aqui encontramos a oportunidade que esperávamos”, disse Tiago, durante a solenidade de entrega das chaves, com as presenças do governador Ronaldo Caiado, vice-governador Lincoln Tejota, o presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, e o prefeito Olavo Tormin.

Diante das 126 famílias beneficiadas, o governador afirmou que habitação é prioridade em seu governo. Ele sinalizou a possibilidade de retomar o programa destinado à faixa 1, com renda até R$ 1,8 mil. “Vamos ampliar as parcerias com a Caixa para atender aquelas pessoas que não têm condições de pagar prestações mais altas. E também gerar trabalho para a comunidade, colocando as construtoras para funcionar”, anunciou Caiado.  O residencial Alto Maravilha X beneficia famílias com renda de até três salários mínimos. Com o aporte de R$ 15 mil por unidade habitacional pelo programa estadual, as famílias conseguem viabilizar o financiamento em condições melhores, sem entrada e com parcelas mais acessíveis.

Agora que conquistaram a moradia, Tiago e Ranniely têm outros sonhos para realizar. Ranniely quer viajar e investir em momentos de lazer em família. “Pagando aluguel, tudo isso fica de lado. Agora vou fazer tudo que sempre tive vontade”, disse.

O presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, informou que estão em construção no Entorno do Distrito Federal no momento 2 mil moradias. Até o final deste ano, ele disse o governador vai voltar à região para entregar pelo menos 500 unidades habitacionais com investimento estadual. Ele agradeceu ao governador pela chance de levar um benefício tão importante como a moradia para tantas famílias.

O auxiliar de estoque, Everton Salomão, 28 anos, e a secretária Uyane Meireles, 26 anos, elogiaram a qualidade da construção. “Não teríamos condições de adquirir um apartamento desse e realizar nossos sonhos se não fosse o subsídio do Governo”, disse o casal de namorados, que agora pretende se casar. A técnica em enfermagem Maria Cristina Lima dos Santos, 31 anos, e o zelador Luiz Antônio Cassimiro, 39, vão pagar prestações iniciais de R$ 500,00, o mesmo valor que pagaram de aluguel durante seis anos. “Como diz o nosso filho de três anos, com muita empolgação: ‘é o meu apartamento’. Desde que nos casamos, esperamos por essa oportunidade”, contou Maria Cristina.

O residencial

O investimento na construção do residencial em Luziânia foi de aproximadamente R$ 9,2 milhões, dos quais em torno de R$ 1,9 milhão de contrapartida do Governo de Goiás, em parceria com o programa federal Minha Casa Minha Vida/FGTS. Os 126 apartamentos do Alto Maravilha estão distribuídos em 21 blocos com três pavimentos cada. Os apartamentos térreos possuem área de 47,03 m² e dos demais pisos 44,77 m², com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço.

A consultora comercial Camires Rocha de Oliveira, 31 anos, estava emocionada. “Não consigo encontrar palavras para explicar o que estou sentindo. Essa moradia é resultado de muito esforço”, revelou Camires, que vai morar no apartamento com a filha de 12 anos. Ela vai pagar prestações de R$ 400. “A ajuda do Governo de Goiás foi muito importante nessa conquista”, afirmou.

Amanhã (23/8), às 16 horas, a agenda habitacional no Entorno do DF prossegue com a entrega das chaves para 108 famílias de Cidade Ocidental, que vão morar no Residencial Alvorada V, também construído pela parceria Governo de Goiás e Caixa Econômica Federal. Também está confirmada a presença do governador Ronaldo Caiado na agenda. Foram investidos mais de R$ 3,9 milhões para a construção do empreendimento. A contrapartida do Governo de Goiás foi de R$ 1,6 milhão. O perfil das famílias beneficiadas é o mesmo das de Luziânia, renda de até três salários mínimos.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo