Moradores do Jardim Primavera, em Goiânia, recebem escrituras de moradias

Governo de Goiás, por meio da Agehab, chega à marca de 5,5 mil escrituras do programa de regularização fundiária do Estado. Nesta terça-feira (30/8) serão entregues 140 escrituras do Jardim Primavera. Outras 15 famílias estão sendo convocadas para assinar o documento

 

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), entrega nesta terça-feira (30/8) escrituras de moradores do bairro Jardim Primavera, na região Noroeste da capital. A entrega de 140 escrituras será das 10h às 14h, no Colégio Estadual Verany Machado de Oliveira- Rua CP-31, Quadra 50, Jardim Primavera – Goiânia-GO. Outras 15 famílias estão sendo convocadas para assinar os documentos, uma das etapas do processo de regularização das moradias.

 

As famílias contempladas estão recebendo cartas de convocação em casa. A lista também está disponível no site www.agehab.go.gov.br, no banner Escrituras. Para buscar a escritura, basta a presença de um dos cônjuges. Já para assinar a escritura, é necessário a presença dos dois cônjuges. Se o beneficiário levar a carta de convocação e um documento pessoal com foto agiliza na hora de localizar o documento.

 

O programa Pra Ter Onde Morar – Escrituras já beneficiou com regularização fundiária cerca de 5,5 mil famílias no Estado. No caso do Jardim Primavera, as famílias aguardavam pela regularização desde 1994, ano de fundação do bairro. O Jardim Primavera foi o último bairro formado a partir da antiga Fazenda São Domingos, que deu origem à região Noroeste de Goiânia.

 

 

Foto: Octacílio Queiroz

 

Legenda: A regularização fundiária leva a segurança da escritura e também promove desenvolvimento social

 

 

Serviço

Assunto: entrega de escrituras a moradores do Jardim Primavera, em Goiânia

Quando: Terça-feira, 30 de agosto de 2022, das 10 às 14 horas

Onde: Colégio Estadual Verany Machado de Oliveira- Rua CP-31, Qd. 50, Jardim Primavera – Goiânia-GO

 

Agência Goiana de Habitação (Agehab) – Governo de Goiás

 

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo