Nossa História

As paredes da Agência Goiana de Habitação (Agehab) abrigam uma parte importante da história da habitação de interesse social em Goiás, que remonta há mais de meio século, quando os primeiros conjuntos habitacionais começaram a ser implantados. É um acervo vivo, materializado em milhares de contratos ativos, que requerem trabalho dedicado e especializado da equipe.

Na Gerência da Carteira Imobiliária estão preservados os históricos de 39 mil contratos de moradias. Esses registros têm início em 1965, quando foi criada a Companhia Habitacional de Goiás (Cohab-GO), antecessora da Agehab. 

O primeiro conjunto habitacional construído pela Companhia em Goiânia foi a Vila Redenção, com 1441 unidades habitacionais. Já em 1969, foram construídos 15 conjuntos habitacionais no interior e 2 em Goiânia, perfazendo 3444 moradias. Assim seguiu pelos anos, sendo as últimas obras inauguradas em 1990, completando 131 conjuntos habitacionais distribuídos em 58 municípios goianos e seis no Tocantins, abrigando aproximadamente 32 mil famílias. A Cohab atuava com a construção e financiamento destas moradias. Ela foi liquidada em 1997, passando assim a gestão desses contratos para a Carteira Imobiliária da Agehab.

A Agehab como conhecemos hoje foi criada pela Lei Estadual nº 13.532, de 15 de outubro de 1.999, resultante da fusão da Cohab e da Companhia Habitacional do Estado de Goiás (Chego). Desde então, é o órgão responsável pelas políticas públicas de habitação do Governo de Goiás. Atualmente, atua com o Programa Pra Ter Onde Morar, em quatro eixos principais: Construção (Casas a Custo Zero), Crédito Parceria, Escritura e Aluguel Social.

 

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo