Parceria inédita entre Agehab e CAU premia projeto de habitação de interesse social

O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Habitação (Agehab), é parceiro do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU/GO) no concurso de Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social (Athis), que será lançado no próximo dia 12, quinta-feira, às 19 horas, no auditório do IPOG (T-55 c/ T-35, 713, Setor Bueno). A parceria é inédita e o vencedor do concurso terá seu projeto executado pela Agehab.

O presidente da Agehab, Eurípedes do Carmo, elogia a iniciativa do CAU, tanto no lançamento do concurso, como na busca da proximidade com o poder público. “A união de forças beneficia quem mais precisa, que é a família que receberá uma moradia com projeto premiado. A missão da Agehab também é incentivar a criatividade e inovação na habitação de interesse social”, afirma Eurípedes do Carmo, lembrando que o governador Ronaldo Caiado apresentou recentemente ao presidente da República e aos colegas governadores um plano de combate à pobreza em que habitação é um dos eixos.

O objetivo inicial da Agehab é a construção do projeto vencedor nos programas e parcerias com Municípios/Entidades e Construtora. A ideia a princípio é utilizar os terrenos remanescentes do Conjunto Vera Cruz, em Goiânia, com recursos do FGTS. São cerca de 300 unidades habitacionais.

O terreno é de propriedade da Agehab e será subsidiado ao beneficiário, que também poderá contar com o subsídio do Governo Federal, de até R$ 21 mil, e o subsídio do Governo Estadual, por meio da Agehab, de R$ 20 mil. O valor total do empreendimento será composto após a finalização de todos os projetos de infraestrutura.

O lançamento do concurso faz parte das comemorações do Dia do Arquiteto e Urbanista, celebrado dia 15 de dezembro, e contará com palestra do administrador de empresas Fernando Assad, fundador do Programa Vivenda, de São Paulo. Classificado como “negócio social”, o Vivenda busca uma solução completa em reformas habitacionais, de forma rápida e não burocrática, que já beneficiou 3.800 pessoas. Trata-se um nicho de mercado pouco explorado pelos profissionais goianos, de acordo com a gerente geral do CAU/GO, Isabel Barêa Pastore, e com ampla possibilidade de atuação.

Durante o lançamento do concurso de projeto de Athis, será distribuída a cartilha “Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social – Um direito e muitas possibilidades”. O objetivo do livreto é nortear a atuação dos diversos atores do poder público ou privado, na implementação da Lei Federal 11.888/2008, que assegura para as famílias de baixa renda assistência técnica pública e gratuita para o projeto e construção de sua habitação.

 

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo