População do Curitiba comemora construção de praça


 

Presidente da Agehab e equipe fizeram vistoria técnica na iluminação

Acompanhado das equipes de Projetos, Obras e Social, o presidente da Agência Goiana de Habitação (Agehab), Luiz Stival, fez ontem à noite vistoria técnica em praça construída pelo Governo de Goiás no Jardim Curitiba, em parceria com a Caixa Econômica Federal, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2). A equipe da Agehab cumpriu mais uma etapa da obra, a iluminação da praça, que deverá ser inaugurada pelo governador Marconi Perillo no começo de novembro.

A construção da praça faz parte de um pacote de obras vinculadas ao programa de regularização fundiária do Estado, o Casa Legal – Sua Escritura na Mão.  Além da legalização dos bairros e escrituração dos imóveis, a Agehab está implantando equipamentos públicos para executar a chamada regularização plena do bairro. Com aproximadamente 7 mil metros quadrados, a praça  foi projetada para oferecer à população do bairro um espaço para convivência, lazer e recreação.

 Ao vistoriar as obras, o presidente Luiz Stival aproveitou para conversar com a comunidade sobre as ações do Governo de Goiás na região Noroeste para melhorar a qualidade de vida dos moradores e também sobre o trabalho social que será feito pela Agehab a partir da próxima semana de conscientização sobre o uso da praça. “Já buscamos a parceria da Secretaria de Estado de Meio Ambiente para implantação do projeto ‘Amigo da Praça’ que contará com palestras nas escolas e plantio de árvores pelas crianças e moradores”, explica Luiz Stival.

A praça possui pista de caminhada, quadra de esporte, parque infantil, equipamentos de ginástica e espaço para jogos. Com recursos do PAC-2, a Agehab investe mais de R$ 50 milhões no bairro na construção de um Centro de Educação Infantil, um Centro Comunitário, um Centro de Cultura e Cidadania, rede de esgoto e galerias pluviais e em breve construirá 315 unidades habitacionais para famílias de áreas de risco ou de preservação ambiental.

Aprovação da comunidade

Com a ligação da iluminação pública, a comunidade já passou a frequentar a praça e comemora a conquista do novo espaço. A comerciante Lucivane Agostinho da Silva Vinhal, 43 anos, proprietária de uma pizzaria e moradora do bairro há 23 anos, destaca que a construção dessa praça foi muito esperada pela comunidade. “Está tudo muito bonito. Os moradores estão encantados. É mais valorização para o nosso bairro”.  O auxiliar de confecção Adaian Cabral, 18 anos, diz que agora só pensa em juntar os amigos para uma partida. “Vamos vir todos os dias para jogar bola”, acrescenta Júlio César Soares, de 15 anos, com a bola embaixo do braço.

Pioneiro do Curitiba, o aposentado Vicente Paula Lima, 72 anos, que morou durante muito tempo em barracas de lona no começo do bairro, parou para ver a ligação da iluminação ao sair de um supermercado. “Isso aqui está muito bom agora. Antes era uma escuridão de dar medo. Fica tudo melhor, assim, clarinho, com mais segurança para todo mundo”, comenta. O pastor Carlos Torres, também pioneiro e líder comunitário do bairro, diz que a praça já está movimentando a comunidade. “Esse é um tipo de serviço necessário para a região. É realmente uma iluminação diferenciada e de muita qualidade. A praça vai agregar mais nossa comunidade e melhorar a autoestima dos moradores. Isso aqui é um espaço para a família”, afirma Torres.

Morador do bairro Floresta, na divisa com o Curitiba, o pastor Eduardo David de Andrade, deu uma passadinha, segundo ele, para conferir a iluminação. “A praça ficou muito bonita. É um trabalho que não tinha sido feito ainda e que a população esperava. Precisamos de mais espaço para lazer”, acrescenta o pastor.

Solteira, mãe de dois filhos, Elza Pereira, 50 anos, secretária do lar, não resistiu aos aparelhos de ginástica: “Ah, agora sim, vou poder fazer ginástica depois que chegar do trabalho. Fui a primeira que chegou aqui hoje. Os aparelhos são muito bons”.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo