Fapeg e British Council esclarecem dúvidas sobre chamada para grupos sub-representados na ciência

Sessão realizada em Goiânia esclareceu dúvidas de possíveis candidatos à Chamada Pública. Foto: Renan Rigo / Ascom Fapeg.

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e o British Council realizaram na manhã desta sexta-feira, dia 03 de fevereiro, uma sessão informativa para esclarecer dúvidas sobre a Chamada Pública de bolsas de mestrado no Reino Unido para grupos sub-representados na Ciência. Participaram pró-reitores de graduação e pós-graduação, assessores internacionais de instituições de ensino superior goianas, além de representantes de grupos sociais relacionados a minorias étnicas e pessoas interessadas na chamada.

A gerente do British Council para o Fundo Newton, Camila Almeida, apresentou um panorama com os principais pontos relacionados ao edital e a seção seguiu com um momento de esclarecimento de dúvidas. A apresentação foi realizada no auditório do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (IPTSP) da Universidade Federal de Goiás (UFG), em Goiânia.

De acordo com a presidente da Fapeg, Maria Zaira Turchi, que abriu a sessão de perguntas e respostas, a chamada vem para apresentar uma ação afirmativa muito significativa junto a esses grupos dentro do ambiente científico brasileiro. “Goiás é um estado piloto, junto com Bahia e Paraíba, na realização desse edital. São ações pioneiras no sentido de destinar maior atenção a esses grupos na realização da pesquisa científica, tecnológica e de inovação”, avaliou.

O British Council também preparou uma apresentação com as principais orientações relacionadas à Chamada. O documento pode ser acessado aqui.

Sobre a Chamada
A Chamada contempla candidatos pertencentes a grupos de minorias étnicas e/ou mulheres, graduados em Goiás até dezembro 2016, com proficiência mínima A2 no limiar com B1 em inglês, de acordo com o Quadro Comum Europeu de Referência de Línguas. A parceria busca fortalecer a participação de grupos sub-representados, como minorias étnicas e pesquisadoras de ciência e inovação no Brasil, além de influenciar mais práticas e políticas inclusivas.

O Mestrado será realizado no Reino Unido e em inglês. São especialmente encorajadas candidaturas de minorias étnicas comprometidas com objetivos de igualdade, diversidade e inclusão dentro de seu contexto local.

Mais informações sobre o programa podem ser acessadas no site do British Council ou pelo e-mail newton@britishcouncil.org.br. As inscrições a esta chamada terminam no dia 19 de fevereiro.

Assessoria de Comunicação Social da Fapeg.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo