[caixa_de_pesquisa]

Incobra promove webinar sobre edital de mobilidade nas áreas de pesquisa e inovação

Na próxima terça feira, dia 17 de janeiro de 2017, o Increasing International STI Cooperation between Brazil and the European Union (Incobra) realizará um webinar sobre as oportunidades de fomento da mobilidade com a União Europeia, por meio do Research & Innovation Staff Exchange (Rise), focado no Intercâmbio de Pesquisa e Inovação. O webinar será realizado às 14h30 (horário de Brasilia) e será apresentado em Inglês, com uma sessão de perguntas e respostas em Inglês e/ou Português, e terá duração de uma hora. As inscrições podem ser feitas neste link.

O Rise faz parte das Ações de mobilidade Marie Sklodowska Curie e integra ações de pesquisa e inovação em nível internacional e/ou inter setorial, apoiando projetos em todas as áreas do conhecimento. O foco do programa é inovação orientada para o mercado, envolvendo instituições acadêmicas e não-acadêmicas por meio do intercâmbio de pessoal e compartilhando conhecimentos e ideias da pesquisa para o mercado (e vice-versa).

As palestrantes do webinar serão Elisa Natola, assessora para Cooperação Internacional Brasil-UE do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e Charlotte Grawitz, representante nacional do Euraxess Links. Elas falarão sobre os benefícios para instituições brasileiras participarem do Rise e fornecerão informações práticas sobre como construir propostas. Também será apresentado o Euraxess, plataforma fundamental para a comunidade científica internacional. A mediação será feita por Ana Paula Rossetto, da Sociedade Portuguesa de Inovação (SPI), entidade coordenadora do Incobra.

O público-alvo da chamada são pesquisadores em início de carreira, pesquisadores com experiência e pessoal técnico e administrativo. O deadline para a submissão de um projeto conjunto entre brasileiros e europeus é 5 de abril. O edital pode ser consultado aqui.

O programa é uma das ações do Horizonte 2020 da UE, que promove a transferência de tecnologia e inovação entre Academia e Indústria disponibilizando 80 bilhões de euros de financiamento para pesquisa no período de 2014 a 2020. Candidatos brasileiros são elegíveis para participar das chamadas do Horizonte 2020, por conta de acordos firmados entre órgãos brasileiros e europeus, como o Confap, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) e a Comissão Europeia.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação do Confap, com alterações.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo