Região Centro-Oeste ganha reforço em CT&I com nova agência operacional da Finep

Finep avança em regionalização. Seminário
Foto: Finep.

A presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), Maria Zaira Turchi, foi uma das palestrantes desta segunda-feira, dia 21, no segundo Encontro Finep para Inovação – Região Centro-Oeste, na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em Brasília.

Durante o evento, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) oficializou a ampliação de sua atuação no fomento público à ciência, tecnologia e inovação em empresas, universidades, institutos tecnológicos e outras instituições públicas ou privadas da região Centro-Oeste, como parte do processo estratégico de regionalização que está sendo adotado pela financiadora.

O escritório de representação da Finep na região será transformado em uma agência efetivamente operacional, com o objetivo de intensificar a atuação junto a parceiros e potenciais clientes da região. “Estamos implementando um processo estratégico de regionalização. É fundamental a presença física de técnicos da Finep distribuída por todo o País”, reforçou o presidente da entidade, Marcos Cintra.

Foto: CNPq.

Parceiros em sinergia
Zaira Turchi falou sobre inovação e desenvolvimento regional e ressaltou a importância das parcerias institucionais atuando de modo sinérgico em prol da ciência, tecnologia e inovação. “Para o desenvolvimento das diferentes regiões, é necessária uma política do governo federal de ampliação dos recursos de subvenção econômica, financiamento de laboratórios institucionais e fortalecimento das parcerias com as Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs)”, disse Turchi.

O papel do Confap na articulação dos interesses das agências estaduais de fomento à pesquisa, buscando respeitar e defender a diversidade das políticas locais e regionais dos Estados e do Distrito Federal, bem como a descentralização e integração do Sistema Nacional de CT&I também foi destacado pela presidente do Confap. Ela falou das parcerias nacionais do Confap, como o CNPq, Capes, Finep, MCTIC, Ministério da Saúde e MDIC, e das internacionais como o Reino Unido (Fundo Newton), União Europeia (Horizonte 2020), Itália e França.

Lembrou da grande mudança ocorrida no século XX, quando inovação tecnológica tornou-se instrumento de política para resolver problema econômico e social. Falou ainda do papel da região como base para a inovação e competição e a inovação como resultado de um processo sistêmico.

Zaira Turchi fez uma breve apresentação sobre as ações já realizadas pelas FAPs da Região Centro-Oeste. Das edições do PAPPE no Mato Grosso do Sul, no Distrito Federal, Mato Grosso e Goiás e sobre a importância do Programa Tecnova, dos editais de apoio a incubadoras realizados pela Fundect e dos editais para apoio a NITs e incubadoras pela Fapeg.

Finep no Centro-Oeste
O presidente da Financiadora, Marcos Cintra, disse que com a presença no Centro-Oeste, a Finep pretende auxiliar a região a retomar as ações de pesquisa e desenvolvimento. “Esperamos ter tanto sucesso aqui quanto estamos tendo no Nordeste, onde o escritório de Fortaleza já vem mostrando resultados”, disse Cintra, relembrando o primeiro Encontro Finep para Inovação, no início de julho, que marcou o anúncio da chegada da Finep ao Ceará.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, destacou a proximidade da agência com outro braço importante no apoio à pesquisa no Brasil: “Finep e CNPq vão poder trabalhar muito mais integrados e as ações serão potencializadas”. Kassab frisou ainda a necessidade de investimento constante em ciência e tecnologia, um dos setores estratégicos para o País. “A crise jamais será superada se não investirmos muito em educação, ciência, tecnologia. Todos os países com a dimensão do Brasil superaram assim as suas crises”, concluiu.

O evento contou ainda com apresentação de Fernando Ribeiro, da Finep, sobre mecanismos de apoio da agência.

Na ocasião, foi assinado termo de intenções entre Finep e Banco de Brasília (BRB) pelo presidente da Finep, Marcos Cintra, e Vasco Cunha Gonçalves, presidente do BRB. O objetivo é tornar o banco um agente credenciado do Inovacred (programa de descentralização de crédito da agência). Além disso, houve entrega de placas de reconhecimento a empresas inovadoras do Centro-Oeste. As homenageadas foram: ICF (Instituto de Ciências Farmacêuticas); Softex; Carta Goiás Indústria e Comércio de Papel; e Gradual Ópticos.

Participaram do evento Mario Borges Neto, presidente do CNPq; Jorge Audy, presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec); Luigi Nese, presidente da Confederação Nacional de Serviços (CNS); Márcia Abrahão, reitora da Universidade de Brasília (UnB); Alfonso Orlandi, secretário-executivo adjunto do MCTIC. Além da diretoria-executiva da Finep, representada por Márcio Girão, diretor de Inovação I; Victor Odorcyk, diretor de Inovação II; Wanderley de Souza, diretor de Desenvolvimento Científico e Tecnológico; Ronaldo Camargo, diretor Financeiro e de Controladoria; e Rennys Aguiar, diretor de Gestão Corporativa.

O Encontro prossegue nesta terça-feira, dia 22, quando empresários locais e dos demais estados da região terão a oportunidade de agendar atendimentos individualizados com especialistas da Finep para esclarecer dúvidas sobre funcionamento de linhas e programas, itens financiáveis, condições de financiamento, entre outros pontos. Cada cliente será encaminhado para a linha de financiamento ou para o programa adequados à sua demanda.

Assessoria de Comunicação Social da Fapeg, com informações da Finep.

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo