[caixa_de_pesquisa]

Selecionadas empresas que vão receber R$ 4,2 milhões pelo Tecnova II

Recursos do Governo de Goiás e Finep apoiam empreendimentos inovadores

Governo de Goiás, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), divulgou nesta segunda-feira (20), o resultado final da Chamada Pública 07/2019 – Programa de Apoio à Inovação Tecnológica (Tecnova II). Quatorze propostas foram selecionadas nesta última fase (avaliação de mérito), após o cumprimento da fase recursal. O programa destinará às empresas R$ 4,2 milhões em subvenção econômica, modalidade de fomento não-reembolsável.

Esta é a segunda edição do Tecnova em Goiás realizada em parceria entre Governo do Estado, por meio da Fapeg, e a Empresa Brasileira de Inovação e Pesquisa (Finep). A Finep irá investir um total de R$ 2,8 milhões e a contrapartida do Governo de Goiás será de R$ 1,4 milhão. 

Entre os selecionados estão projetos como uma solução de coordenação de equipes de saúde contra epidemias, um sistema de gerenciamento, uma aplicação de inteligência artificial no processo de decisão de crédito e um controlador de processos operacionais utilizando internet das coisas. Além das 14 selecionadas, outras dez propostas ficaram na lista de projetos suplentes.

Conforme o edital, as propostas aprovadas deverão ser contratadas no prazo de 60 dias contados da divulgação do resultado final. Os selecionados receberão por e-mail as informações acerca dos próximos passos para entrega de documentos e contratação.

O prazo de execução do projeto será de até 24 meses, contados da assinatura e publicação do contrato de subvenção econômica no Diário Oficial do Estado.

O programa

O Tecnova II foi lançado em Goiás em dezembro de 2019 e tem como objetivo apoiar, por meio da concessão de recursos de subvenção econômica (não reembolsáveis) o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores – novos ou significativamente aprimorados (pelo menos para o mercado nacional) de empresas brasileiras com sede no Estado.

O Programa busca apoiar os projetos de inovação que envolvam significativos riscos tecnológicos associados a oportunidades de mercado visando a estimular o desenvolvimento industrial e setores econômicos considerados estratégicos na política pública de inovação do Estado.

Na etapa de avaliação de mérito, as propostas foram analisadas por consultores ad hoc devidamente reconhecidos como especialistas na área do conhecimento relacionado à proposta. Foram julgados critérios como: conformidade ao objetivo da seleção pública, estágio de desenvolvimento do produto ou processo, grau de inovação para o mercado nacional ou mundial e risco tecnológico, capacitação técnica da equipe executora, adequação da metodologia, adequação da infraestrutura, adequação do orçamento do projeto e ao cronograma físico do projeto.

Assessoria de Comunicação da Fapeg

Governo na palma da mão

Pular para o conteúdo